Ir al menú de navegación principal Ir al contenido principal Ir al pie de página del sitio

Bibliometric analysis of indicators system related to patents

Número 103: Miradas múltiples de la Comunicación

Resumen

The use of a system of indicators can aid in the decision-making process as well as the assessment of patent potential. The objective of this study is to present a bibliometric analysis of scientific publications on the system of indicators related to patents. In the study a bibliometric analysis was carried out by means of a search in the bases Scielo and Scopus, being found 319 publications; after the time cut from 2000 to 2017 and the exclusion of duplicate articles, 233 publications were analyzed, representing 73% of the publications found. The results indicate that there has been an increase in publications related to patent-oriented indicator systems; however, Brazil has few articles on the subject, with publications predominating by the United States and China. It was verified that the use of bibliometrics allows to consult publications on different subjects, allowing to help researchers in their future researches.

Palabras clave

Medición, Bibliometría, Scopus, Scielo, Publicaciones científicas.

PDF (English)

Biografía del autor/a

Cleide Ane Barbosa da Cruz

Doutoranda em Ciência da Propriedade Intelectual (UFS), Mestra em Ciência da Propriedade Intelectual (UFS), Especialista em Logística e Operações (FSLF), Bacharela em Administração (FJAV).

Ana Eleonora Almeida Paixão

Professora do Programa de Pós Graduação em Ciência da Propriedade Intelectual (UFS)


Citas

  1. Araújo, C. A. (2006). Bibliometria: evolução histórica e questões atuais. Em Questão, Porto Alegre, 12(1), pp.11-32.
  2. Araújo, R. F., & Alvarenga, L. (2011). A bibliometria na pesquisa científica da pós-graduação brasileira de 1987 a 2007. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, 16, pp. 51-70.
  3. Bezerra, I. X. B., & Carvalho, R. J. M. (2011). Construção de um Sistema de Indicadores de Desempenho em Ergonomia na Construção de Edifícios: Um Modelo para Alcançar a Excelência no Desempenho Empresarial. Revista Eletrônica Sistemas & Gestão, 6, pp. 312-326.
  4. Bittar, O J N V. (2001). Indicadores de qualidade e quantidade em saúde. Revista de Administração em Saúde, v. 3, n. 12, 21-28. Francisco, ER. (2011). RAE-eletrônica: exploração do acervo à luz da bibliometria, geoanálise e redes sociais. Revista de Administração de Empresas, 51(3), pp.280-306.
  5. Francisco, E. R. (2011). RAE-eletrônica: exploração do acervo à luz da bibliometria, geoanálise e redes sociais. Revista de Administração de Empresas, São Paulo, 51(3), pp. 280-306.
  6. Gao, J., Christensen, P., & Kí¸rní¸v, L. (2017). Indicators' role: How do they influence Strategic Environmental Assessment and Sustainable Planning – The Chinese experience. Science of the Total Environment, 592, pp.60-67.
  7. Graça, P., & Camarinha-Matos, L. M. (2017). Performance indicators for collaborative business ecosystems - Literature review and trends. Technological Forecasting & Social Change, 116, pp. 237–255.
  8. Guedes, V. L. S. (2012). A Bibliometria e a Gestão da Informação e do Conhecimento Científico e Tecnológico: uma revisão da literatura. PontodeAcesso (UFBA), 6, pp. 74-74.
  9. Kobashi, N. Y., & Santos, R. N. M. (2008). Archeology of the Immaterial Work: the application of the bibliometric analysis on dissertations and thesis. Encontros Bibli: Revista Eletrônica de Biblioteconomia e Ciência da Informação, pp. 106-115.
  10. Milbergs, E., & Vonortas, N. (2004). Innovation Metrics: measurement to insight. National Innovation Initiative 21st Century Working Group. Center for Accelerating Innovation and George Washington University.
  11. Miremadia, I., Saboohia, Y., & Jacobssonc, S. (2018). Assessing the performance of energy innovation systems: Towards na established set of indicators. Energy Research & Social Science 40, pp.159–176
  12. Medeiros, J. M. G., & Vitoriano, M. A. V. (2015). A evolução da bibliometria e sua interdisciplinaridade na produção científica brasileira. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, 13(3), pp.491-503.
  13. Mourão, P. R. (2016). Contributo para o Estudo Económico dos Indicadores Regionais. Revista Portuguesa de Estudos Regionais (RPER), 12, pp. 77-92.
  14. Mugnaini, R., Jannuzzi, P., & Quoniam, L. (2004). Indicadores bibliométricos da produção científica brasileira: uma análise a partir da base Pascal. Ciência da Informação, 33(2), pp. 123-131.
  15. Mueller, S. P. M. (2013). Estudos métricos da informação em ciência e tecnologia no Brasil realizados sobre a unidade de análise artigos de periódicos. Liinc em Revista, Rio de Janeiro, 9(1), pp. 6-27.
  16. Resende, M. C. R., Ramos, M. A., Melo, A. A. O., Tomaz, C. M., Pacheco, M. H. S., & Silva, W. A. C. (2012). Participação feminina na produção científica em finanças nos Enanpad’s de 2000 a 2010. Revista Ciências Sociais em Perspectiva, 11(20), pp.1-22.
  17. Ribeiro, H. C. M., & Silva, M. C. (2016). Mapeando a produção acadêmica da revista ambiente contábilà luz da bibliometria e rede social de 2009 a 2014. Sinergia, 20(2), pp. 89-102.
  18. Rozados, H. B. F. (2005). Uso de Indicadores na Gestão de Recursos de Informação. Revista Digital de Biblioteconomia e Ciência da Informação, 3(1), pp. 60-76.
  19. Soligo, V. (2012). Indicadores: conceito e complexidade do mensurar em estudos de fenômenos sociais. Revista Estudos em Avaliação Educacional, São Paulo, 23(52), pp. 12-25.
  20. Van Eck, N. J., Waltman, L., Dekker, R., & Van Den Berg, J. A (2010). Comparison of Two Techniques for Bibliometric Mapping: Multidimensional Scaling and VOS. Journal of the American Society for Information Science and Technology. 61, pp. 2405-2416.
  21. Zucatto, L. C.; Sartor, U. M., Beber, S., & Weber, R. (2009). Proposição de Indicadores de Desempenho na Gestão Pública. Contexto, 9(16).