Ir al menú de navegación principal Ir al contenido principal Ir al pie de página del sitio

Cinema ibero-americano: memória e ditadura nas imagens do espaço doméstico

Número 103: Miradas múltiples de la Comunicación

Resumen

O artigo, parte integrante de um projeto de pesquisa sobre Cinema Ibero-Americano, trata de La Ciénaga (Lucrecia Martel; Argentina, 2001) e de Cría Cuervos (Carlos Saura; Espanha, 1975), filmes provenientes de países que durante o século passado vivenciaram custosas ditaduras. Analisando determinadas imagens dessas e de outras obras do cinema argentino e do espanhol, percebemos que nos enquadramentos da família evidenciam-se a clausura e a imobilidade típicas dos quadriculamentos disciplinares, inscrevendo no ambiente doméstico a memória de governos autoritários e perfazendo uma espécie de autobiografia coletiva. A topologia da casa familiar nos permite, em ambos os filmes, pensar nas casas de Martel e de Saura como negação da casa-concha e afirmação da casa-cárcere.

pdf (Português (Brasil))

Biografía del autor/a

Sandra Fischer

Docente titular do Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Linguagens, Universidade Tuiuti do Paraná – PPGCom/UTP e vice-líder do Grupo de Pesquisa “Desdobramentos simbólicos do espaço urbano em narrativas audiovisuais”/GRUDES/CNPq/UTP. Coordenou o Programa entre julho 2013/setembro 2015; atualmente, desde setembro/2017 encontra-se novamente ocupando o cargo de coordenadora do PPGCom. [email protected]

Aline Vaz

Doutoranda e mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Comunicação e Linguagens da Universidade Tuiuti do Paraná (PPGCom/UTP). Pesquisadora associada ao Grupo de Pesquisa Desdobramentos Simbólicos do Espaço Urbano em Narrativas Audiovisuais – GRUDES (PPGCom/UTP - CNPq). Bolsista PROSUP/CAPES.


Citas

  1. Bachelard, Gaston. (1997). A água e os sonhos: ensaio sobre a imaginação da matéria. São Paulo: Martins Fontes.
  2. Bachelard, Gaston. (1978). A poética do espaço. Tradução de Antônio da Costa Leal e Lídia do Valle Santos Leal. São Paulo: Abril Cultural.
  3. Saura, Carlos. (Direção). (1975). Cría Cuervos [Película]. Espanha.
  4. Fischer, Sandra. (2006). Clausura e compartilhamento: a família no cinema de Saura e de Almodóvar. São Paulo: Annablume.
  5. Foucault, Michel. (2014). Vigiar e punir: nascimento da prisão. Petrópolis: Vozes.
  6. Martel, Lucrecia. (Direção). (2001). La Ciénaga. [Película] Argentina.
  7. Rubim, Lindinalva Silva Oliveira. (maio, 2007). Cinemas contemporâneos da Argentina e do Brasil: Diretoras em cena. III ENECULT – Encontro de Estudos Multidisciplinares em Cultura, Bahia: UFBA, 1-16. Recuperado de: http://www.cult.ufba.br/enecult2007/LindinalvaSilvaOliveiraRubim.pdf.
  8. Sarlo, Beatriz. (2016). Paisagens imaginárias. São Paulo: Editora da Universidade de São Paulo.